Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Sindicato dos comerciários de SAJ demostra insatisfação em relação ao horário estabelecido para o funcionamento do comércio

O sindicato dos comerciários de Santo Antônio de Jesus recebeu com surpresa e demostrou indignação em relação ao ofício demonstrativo dos horários de funcionamento do comércio no período que antecede o Natal e o Ano Novo, disse a presidente da entidade, Anatália Mercês em entrevista ao repórter  Frank Monteiro da Andaiá FM.  Segundo ela, os sindicatos não se reuniram e a decisão das datas foi unilateral, “depois da reforma trabalhistas e outras reformas do governo Bolsonaro, o Patronal entende que não é preciso mais fazer acordo com a categoria”, explicou.

Ainda de acordo Anatália, os horários determinados para a abertura do comércio durante a semana de festa é exaustiva e prejudicará o trabalhador, “no período de natal o comércio funciona até mais tarde, muitas lojas encerram o funcionamento às 19h”, expôs.

Mercês apontou que as sugestões para abertura e fechamento das lojas na véspera de natal é absurda, já que está previsto que se abra às 06:30h até às 20h no dia 23 de dezembro e na véspera do feriado,24, o fechamento será às 19h, “os trabalhadores estão indignados, e com razão, porque a decisão tomada não justifica. Mesmo que feche às 19h, o trabalhador fica atendendo os últimos clientes e ainda tem que arrumar as prateleiras para o dia seguinte e quando chegam em casa, cansados. E os trabalhadores de supermercados são os que mais sofrem. O trabalhador do comércio não vai poder viver o momento com suas famílias por estarem trabalhando”, salienta.

Anatália Mercês afirmou que houve uma tentativa de acordo com o Sindicato Patronal, no entanto não foi aceito, “há uma lei na Câmara de vereadores que prima em resguardar o trabalhador do comércio, mas está parada. Chamamos a atenção do legislativo e da administração municipal. Não fomos atendidos. Infelizmente o presidente Bolsonaro não entende que os trabalhadores têm direitos. Estamos sendo penalizados”, completou.

(Blog do Valente)

Deixe seu comentário:

Menu

Curta no social

Curta no Facebook