Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Vitória sai na frente, cede empate ao Confiança e segue sem vencer - Saj Net

Vitória sai na frente, cede empate ao Confiança e segue sem vencer

(Foto:ecvitoria.com.br)

O Vitória ficou duas vezes na frente do placar, mas não foi nesta quinta-feira, 15, que acabou o jejum do Rubro-Negro. O Confiança marcou em jogadas de bola parada, arrancou o 2 a 2 no Baptistão, e fez Marcelo Chamusca chegar ao sétimo jogo sem triunfos. O empate na sexta rodada mantém o Leão na quinta posição do Grupo A, com os mesmos cinco pontos do CRB, quarto colocado.

Fora de casa, e com um a menos desde os 40 minutos do primeiro tempo (Rodrigo Andrade foi expulso), o resultado não foi dos piores para o Rubro-Negro. Agora, o time muda o foco para o Campeonato Baiano, no qual recebe o Flu de Feira, domingo, para confirmar a vaga na próxima fase.

Começou bem

O jogo não poderia começar melhor para o Vitória. Ainda no primeiro minuto, Juninho cobrou falta pelo lado esquerdo e Edcarlos subiu mais que todo mundo para mandar a bola no cantinho. Foi o quarto gol do zagueiro, que é o artilheiro do Leão em 2019.

A escalação do Rubro-Negro era no mínimo inusitada, com quatro laterais em campo. Além de Jeferson, na direita, e Juninho, na esquerda, Matheus Rocha e Fabrício foram escalados como meio-campistas.

Aos sete minutos, Léo Ceará voltou para buscar jogo e descolou um bom passe para Matheus Rocha. O jogador arrancou nas costas dos zagueiro até ser derrubado por João Victor, na entrada da área. Ele mesmo cobrou a falta e exigiu boa defesa de Genivaldo.

O Confiança só foi chegar com perigo aos 19 minutos. Coincidentemente, o gol de empate quase veio em uma cobrança de falta. Radar levantou na área e Negretti, no segundo pau, subiu sozinho. A bola acertou a trave direita de Ronaldo e saiu pela linha de fundo.

O momento era mesmo dos mandantes, que passaram a incomodar cada vez mais. Aos 21, Gustavinho chutou cruzado e Ronaldo salvou o Leão. No rebote, Edcarlos evitou o pior. Pouco depois, o goleiro rubro-negro foi exigido outra vez pelo atacante do Dragão.

A pressão do Confiança deu certo, e, aos 32 minutos, Felipe Lima foi derrubado por Weslei Dias dentro da área. Gustavinho foi para cobrança e empatou o jogo.

O Vitória era dominado no meio de campo, e viu as coisas ficarem piores aos 40 minutos da primeira etapa, quando Rodrigo Andrade recebeu o segundo amarelo e foi expulso de campo. O volante cometeu falta para impedir um contra-ataque dos adversários.

Nessa altura do jogo, o torcedor rubro-negro implorava pelo intervalo, e foi justamente aí que Andrigo entrou em ação. O meia recebeu passe de Fabrício, deu um drible de corpo que enganou um zagueiro e o goleiro, trouxe para a perna esquerda e empurrou para o fundo das redes. Um belo gol que serviu para deixar o Vitória novamente à frente do placar.

A vantagem no placar não durou muito tempo. Logo aos seis minutos da segunda etapa, Felipe Lima acertou uma pancada na cobrança de falta e marcou um golaço. A bola foi morrer no ângulo esquerdo de Ronaldo, que não teve a menor chance de defesa.

Mesmo com um a menos, o Vitória sofria menos pressão do que na primeira etapa, quando eram dez contra dez. O que não quer dizer que o time estava bem em campo. Até porque ofensivamente não conseguia criar jogadas de perigo.

Aos 15 minutos, Chamusca sacou Léo Ceará e promoveu a estreia de Felipe Garcia. Aos 20, trocou Fabrício por Wesley. As mudanças deram mais fôlego para o time, mas, ainda assim, faltava encaixar uma boa trama ofensiva, o que não aconteceu mais no jogo.

O Confiança até que chegou com perigo, mas encontrou Edcarlos em noite de ótima atuação. Por duas vezes o zagueiro cortou passes cruciais e conseguiu manter o empate no placar do jogo no Baptistão. (Atarde)

Deixe seu comentário:

© Todos os Direitos Reservados Rádio Saj Net - 2008 - 2019 - Grupo Atlas de Comunicação